Perfil

Data de entrada: 19 de nov. de 2018

Sobre

Enche as tuas mãos de beirais e toca, com a exactidão agitada dos teus dedos, a noite morna em gotas de lua cheia. Corre, ri, chora. Cal quente e branca, pinta as gentes que habitam as searas.

Ana Lourido

Autor
Mais ações