Quando as pernas e a razão te quiserem deixar, corre com o coração


Treinos médios, longos (os curtos já não há?!), séries, ginásio, alongamentos, libertação, alimentação, repouso... não é por acaso que se diz que a fase pior da maratona é a preparação. E a fase mais difícil da preparação? Exactamente esta! O corpo a sentir-se dos kms acumulados (esta semana andamos nos 60kms!), gémeos, joelhos, pés, banda iliotibial qualquer coisa, glúteos, nervo ciático... tudo começa a gemer... mas sobretudo, tudo começa a pesar na cabeça.

Para quem já completou uma maratona, o desafio é encarado com maior à vontade (been there done that)

Já para os estreantes, a dúvida começa a ganhar espaço:

"Será que consigo? Onde é que eu me fui meter? Só podia estar louco (a)!..."

A boa notícia é que está quase!


Quando esta fase passar entramos naquelas 3 semanas antes do dia M em que vamos reduzir a carga e os kms. E nessa altura vai parecer estranho e vamos começar a querer e a querer cada vez mais que chegue O dia!  Vamos ansiar percorrer os 42.195kms, juntarmo-nos à multidão de gente unida pela mesma vontade, sair a correr, sentir o vento na cara, enfrentar os medos, sorrir, lembrar de onde partimos, o caminho que fizemos e como tudo se conjugou para chegar a esse dia e a esse exacto momento.  E ao cruzar a meta vamos sentir milhares de coisas diferentes, todas grandiosas e épicas, pois grandiosa e épica foi a viagem. E conseguimos! E vai valer a pena!


"You must expect great things of yourself before you can do it"

Michael Jordan

0 visualização

SOCIAL MEDIA MARKETING LISBOA

UMA PÁGINA DE MANUELA FERRER 

NEWSLETTER 

© 2015 BY MANUELA FERRER