Comunicar para os Millennials, "peanuts" ou uma dor de cabeça?

Este tem sido sempre um tema super interessante em termos de discussão, porque importa antes de mais nada, perceber,

Quem são?

São nativos digitais que nasceram a saber teclar e que comunicam através do texto. São multiculturais, são tolerantes, e são filhos da globalização.


Foram considerados narcisistas e houve quem os conhecesse como a Geração Eu, por terem sido os protagonistas das selfies. Preferem os produtos personalizados e os serviços “à medida” – este é o grande desafio do mercado. Foram injustamente apelidados de “preguiçosos”, por viverem em casa dos pais até mais tarde, mas revelaram-se bem mais empreendedores do que os as gerações anteriores.


Photo by Mockup Photos

Os Millenials são efetivamente mais racionais a consumir, têm preocupações ambientais e ecológicas, são menos fiéis às marcas, colocando em causa a sociedade de consumo que conhecemos, dando sempre preferência à experiência, não à posse.

Depois de os descrever desta forma, eu só posso dizer que "Eu gosto dos Millenials"

Nativos Digitais

Os Millennials cresceram com a internet. com os smartphones e sempre rodeados do mundo digital.

O mundo on-line - e as redes sociais em particular - deram aos Millennials uma plataforma para chegar ao mundo e quando questionados sobre a forma como se comunicam com outras pessoas sobre uma marca, produto ou serviço, as respostas são bem elucidativas

32% Mensagens SMS 25% Redes sociais 19% Mensagens instantâneas 7% Blogging

Fonte: Goldman Sachs


As Redes Sociais estão efetivamente a ganhar importância e quando é necessário tomar decisões de compra é para lá que a atenção dos Millennials se volta.
A geração que vive online compra on-line, e se a qualidade é importante para os Millennials, o preço é fundamental.
0 visualização

SOCIAL MEDIA MARKETING LISBOA

UMA PÁGINA DE MANUELA FERRER 

NEWSLETTER 

© 2015 BY MANUELA FERRER